STF alerta para fake news sobre fala de Barroso espalhada por bolsonaristas

STF alerta para fake news sobre fala de        Barroso espalhada por bolsonaristas

O STF (Supremo Tribunal Federal) fez um alerta sobre uma fala do ministro Luís Roberto Barroso (foto) que foi tirada de contexto em publicações nas redes sociais por bolsonaristas. No fim de semana, o magistrado disse, entre outras coisas, que é preciso “não supervalorizar o inimigo”, o que foi visto por eles como ataque ao presidente Jair Bolsonaro (PL).
“Algumas publicações e menções deturparam ou descontextualizaram a fala do ministro Barroso. O STF alerta para a importância de não repassar informações de fontes não confiáveis ou dados descontextualizados”, diz nota da Corte, que compartilhou as falas completas do magistrado para evitar distorções.
Na ocasião, Barroso disse que não gostaria de ter “uma narrativa de que está tudo desmoronando”. Para o ministro, o Supremo tem tomado “decisões importantes” que estão sendo cumpridas. Ele também ressaltou que o Congresso tem derrubado vetos e medidas provisórias, o que mostraria que as coisas estão “funcionando”.
“Nós somos muito poderosos, nós somos a democracia. Nós é que somos os poderes do bem e ajudamos a empurrar a história na direção certa. O mal existe, é preciso enfrentá-lo, mas o mal não pode mais do que o bem. Porque, se pudesse, nada valeria a pena. Eu acredito nos valores que nos unem e que eles vão prevalecer”, disse.
O ministro esteve na “Brazil Conference”, no último domingo, realizada pela comunidade brasileira de estudantes em Boston (EUA). No evento, ele também afirmou ser necessário restabelecer o “poder da verdade” no Brasil, diante de um cenário de desinformação, “mentiras deliberadas” e teorias conspiratórias.
Nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar ministros do STF. Sem citá-los nominalmente, a conversa com apoiadores envolveu Ricardo Lewandowski e Barroso, por falas durante o fim de semana. Para o presidente e seus seguidores, Barroso se referia a ele como “o inimigo que será vencido”.
“Outro falando, ‘eu sou a democracia, eu sou a verdade’, faltou falar só a luz, a fé e a esperança”, disse, referindo-se a Barroso. (Folhapress/PD/Foto: Carlos Moura -STF)

Compartilhe nas suas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.