Crivella libera funcionamento de lojas de conveniência de postos de gasolina

Rio de Janeiro - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella durante entrevista coletiva sobre as manifestações dos taxistas (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Em meio ao distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, que fechou o comércio na cidade do Rio de Janeiro, a prefeitura decidiu liberar o funcionamento das lojas de conveniência de postos de gasolina.
O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) divulgou a informação nesta quarta-feira. Ele apontou a validade da liberação a partir das 00h de quinta-feirfa, virada de noite para sexta-feira. Porém, as pessoas não poderão se aglomerar nos espaços: devem comprar o que precisam e ir embora.
“Um setor nos procurou e o grupo todo deliberou que é possível continuar a trabalhar, que é o de loja de conveniência de posto. Vamos alterar o decreto e podem voltar a funcionar sem aglomeração. ‘Take away’, pega o que precisa e leva para o carro embora para casa”, disse Crivella.
O prefeito vai estender a medida para as lojas de materiais para construção. “Temos muitas obras na cidade e precisamos desse setor estratégico, que terá regras para voltar suas atividades”, disse Crivella.(Diego Garcia – Folhapress)